[ A UBE repudia novo Edital para livros didáticos ]

10.01.2019

A UBE denuncia a alteração promovida pelo governo Bolsonaro nos critérios para os livros didáticos, de maneira a promover a eliminação das referências bibliográficas, e do impedimento a erros de revisão e de inserção de publicidade.

A eliminação das referências bibliográficas comprometerá o rigor científico das obras didáticas. A manutenção de erros de revisão comprometerá a qualidade da informação. A inserção da publicidade em obras didáticas abrirá um universo de possíveis violações éticas e mesmo legais.

A UBE recomenda a revogação do edital de 2 de janeiro de 2019 e sua substituição por outro com as devidas correções.

 

São Paulo, 9 de janeiro de 2019.