[ ALFREDO LEME COELHO DE CARVALHO ]

01.07.2017

Por Durval de Noronha Goyos Júnior[1]

 

Faleceu no último dia 7 de maio de 2017, aos 85 anos, na cidade de São José do Rio Preto, de onde era natural e habitava nos últimos anos, o Professor Doutor Alfredo Leme Coelho de Carvalho, grande intelectual brasileiro e membro histórico da União Brasileira de Escritores (UBE). Foi também membro da Academia Rio-pretense de Letras e Cultura. O Professor Alfredo de Carvalho, seu nome literário, estudou naquele inesgotável celeiro de talentos nacionais e internacionais, que foi o Instituto de Educação Monsenhor Gonçalves, entidade pública de escol em Rio Preto. Posteriormente, formou-se pela Faculdade Nacional de Filosofia, no Rio de Janeiro, em letras anglo-germânicas em 1955. Em 1968, fez pós-graduação na Universidade de Iowa, nos Estados Unidos da América, seguida por doutoramento na UNESP.

O Professor Alfredo de Carvalho lecionou na UNESP como titular de línguas anglo-germânicas, de onde foi diretor, tendo também lecionado na Universidade Federal da Paraíba e na Universidade Federal de Alagoas. Possuidor de vasta cultura humanística, ele recitou a meu pedido, num jantar que tivemos no restaurante A Bela Sintra, em São Paulo, de memória e no original italiano, um longo trecho de A Divina Comédia, de Dante. Pouco a pouco, uma espessa cortina do mais absoluto silêncio recaiu sobre todas as mesas, quando os frequentadores se aperceberam que estavam diante de um espetáculo tanto extraordinário quanto insólito. Quando terminou, foi o Professor Alfredo de Carvalho, então com 81 anos, aplaudido de pé pelos comensais e, mais importante, homenageado com duas garrafas de vinho português, do qual era incondicional admirador.

O Professor Alfredo de Carvalho deixou vasta obra publicada, exemplares da qual se encontram disponíveis na biblioteca da UBE. Seu trabalho de minha predileção é o “Dicionário de Regência Nominal da Língua Inglesa”, encontradiço nas melhores bibliotecas do mundo de fala inglesa, por sua singular excelência. Publicou também um “Dicionário De Regência Nominal Portuguesa”; a “Interpretação da Poética de Aristóteles”; o livro de teoria da crítica literária, “Foco Narrativa e Fluxo de Consciência”; “A Ficção Distópica de Huxley e Orwell”; e “O Simbolismo Animal na Obra do Padre Manuel Bernardes”. No seu “O Narrador Infiel e Outros Estudos de Teoria e Crítica” discorre sobre a sua visão da literatura e analisa a obra de Lygia Fagundes Telles, outra afiliada histórica da UBE, de quem era grande admirador. Mais recentemente, publicou em coautoria com o Professor Pérsio Marconi a obra “Dicionário de Expressões Idiomáticas na Língua Inglesa”.

A União Brasileira de Escritores está de luto com o desaparecimento do Professor Alfredo de Carvalho e aprovou, na reunião de diretoria havida no dia 28 de junho de 2017, um voto de pesar e condolências à sua família.

Professor Alfredo de Carvalho (1932-2017).

[1] Presidente da União Brasileira de Escritores (UBE) e membro da Academia Rio-Pretense de Letras e Cultura.