imagem ilustrativa

Autor Su Angelote

Gilda

Gilda mesmo com uma estabilidade financeira de fazer inveja a qualquer mulher da sociedade carioca, nunca deixou de trabalhar, sempre procurou estudar mais e se aprimorar no que mais gostava: administrar. Por isso, não foi difícil para ela dar a volta por cima e seguir em frente como uma mulher divorciada.
O dilema de Gilda começou quando ela fora convidada a trabalhar como assistente de diretoria numa grande empresa de importação e exportação. Era uma empresa muito conceituada, embora ainda não fosse o cargo que ela tinha em mente. Conheceu Manuela e ficaram muito amigas. Para Gilda que sempre tivera uma vida solitária, Manu veio trazer um pouco de vida social para Gilda. Iam ao cinema, teatro, almoçavam e faziam planos juntas. O dia era agitado na empresa e o vai e vem de pessoas pelos departamentos eram constantes.
Foi num desses agitados dias que Gilda conheceu Júlio.
 

 

Veja outras obras de Su Angelote:

 
Voltar Imprimir Enviar para um amigo
 
PUBLICIDADE
 
Imprensa Oficial
Escola Paulista de Direito
Academia Paulista de Letras

Tel: (11) 3231-4447
Telefax: (11) 3231-3669
E-mail: ube@ube.org.br